Só quem registra é dono, a máxima no mundo dos negócios - Arena Marcas e Patentes
  • Registro de Marcas e Patentes.

Só quem registra é dono, a máxima no mundo dos negócios

Só quem registra é dono

O ditado “só quem registra é dono” não podia ser mais verídico para a propriedade industrial. O registro de marcas é um passo importante para garantir a propriedade, exclusividade e integridade de uma marca. Neste texto vamos te mostrar a importância e como fazer o registro de marca.

  • O que significa “Só quem registra é dono”?
  • O que é registro de marca?
  • Qual a importância do registro de marca?
  • Vantagens do registro de marca
  • Como registrar uma marca no INPI?

O que significa “Só quem registra é dono?”

A frase “só quem registra é dono” é um mantra muito usado no mundo dos negócios que reforça a importância do registro de marca e significa que o registro no INPI é a única forma de garantir legalmente a propriedade de uma marca. Sem o registro, mesmo com a autoria, a marca fica exposta a ser usada ou até mesmo tomada, visto que outra marca pode fazer o registro e consequentemente impedir outro registro.

O que é registro de marca?

O registro de marca no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) é um conjunto de direitos que garante juridicamente a exclusividade de uso, comercialização, produção e divulgação dos elementos registrados na marca. O registro é feito pelo INPI, uma autarquia federal que endossa a Lei 9279/96 de Propriedade Industrial. Confira aqui o que fala a Lei de Propriedade Industrial.

Qual a importância do registro de marca?

O registro de marca garante a proteção contra qualquer forma de plágio ou uso indevido de uma marca. O registro também é o único meio de agir previamente contra o plágio, todos os outros recursos possíveis só podem ser aplicados após uma situação de uso indevido da marca. Saiba mais sobre a importância do registro de marca aqui.

Vantagens do registro de marca

Além do respaldo judicial e proteção da integridade da marca, o registro também é uma forma de tornar a marca um ativo intangível, podendo envolver acordos comerciais para licenciamento ou franqueamento. Outro benefício é o aumento da credibilidade da marca, o processo é complexo e envolve análise completa da empresa, o que implica a empresa o comprimento dos requisitos de uma empresa confiável para conseguir o deferimento do registro.

Como registrar uma marca no INPI?

O  processo de registro de marca é feito no INPI e se resume basicamente em quatro etapas. Primeiro é importante fazer uma pesquisa detalhada para verificar a disponibilidade de registro da marca em questão, é recomendável buscar auxílio profissional para maior eficácia na pesquisa pois qualquer erro pode indeferir a possibilidade do registro por já ser existente. Depois da pesquisa é necessário separar a documentação e pagar a taxa. Após, é hora de peticionar e, por fim, acompanhar o processo atentamente para evitar erros ou perca de prazo de envio de eventuais documentos que o INPI possa requerer. Confira aqui o manual de como registrar uma marca.

 

Gostou do texto? Acesse nosso blog para mais informações.

Author: Registro de Marcas e Patentes

Nosso objetivo é garantir a segurança da sua marca. Com todos os processos legais necessários. Além disso, fiscalizar e encontrar possíveis casos de plágio e uso indevido da sua marca.