Psicologia das Cores: como a cor da sua logo pode influenciar no sucesso da sua marca - Arena Marcas e Patentes
  • Registro de Marcas e Patentes.

Psicologia das Cores: como a cor da sua logo pode influenciar no sucesso da sua marca

Psicologia das Cores – O marketing é um setor que é cercado por diversas variáveis que podem contribuir positivamente ou negativamente com o sucesso e o crescimento de um negócio. Nos dias atuais, com o grande fluxo de informação proveniente das redes e a constante evolução de estratégias e métodos, é importante estar atento a alguns detalhes que, em um primeiro momento, podem parecer irrelevantes, mas que, no fundo, revelam-se de fundamental importância.

É o caso, por exemplo, da utilização das cores na logo da sua empresa. Pode parecer uma situação banal, mas a verdade é que existe todo um estudo por trás da escolha de uma cor associada ao segmento de atuação da empresa. Neste artigo, vamos falar um pouco mais sobre a psicologia das cores e como ela afeta na percepção dos clientes em relação à sua empresa.

Aqui você encontrará os seguintes tópicos:

    • O que é a Psicologia das Cores?
    • O significado de cada cor
    • A Psicologia das Cores no Audiovisual
    • A Psicologia das Cores no Marketing
    • Qual a melhor cor para minha marca?

O que é a Psicologia das Cores?

A Psicologia das Cores é um estudo da área de psicologia cujo objetivo é entender como nossa mente e imaginação absorvem as sensações e reverberações que cada cor, em suas singularidades, provocam. Entre essas sensações, é possível citar como as cores podem gerar mudança no sentimento, nas emoções, na criatividade e até mesmo no comportamento de alguém. 

Ela está presente em diversos segmentos, desde a fotografia, o cinema, até mesmo no marketing. Tendo isso é vista, é muito importante entender como cada cor atua e quais sensações nosso cérebro interpreta a partir delas para traçar estratégias de marketing, montar cenários e elementos que dispõem uma cena. 

O estudo da Psicologia das Cores é amplamente divulgado e existem várias fontes que podem ser utilizadas para embasamento teórico. Uma das referências na área trata-se da escritora e psicóloga Eva Heller, autora do livro “Psicologia das Cores: como as cores afetam a razão e a emoção”, juntamente com a brasileira Maria Lúcia Lopes da Silva. 

Vale citar também “Psicodinâmica das cores na comunicação”, do autor Modesto Farina, que trabalha justamente essa lógica mais aplicada à comunicação como um todo, incluindo o marketing.

O significado de cada cor

psicologia das cores

Entendendo a importância do estudo da psicologia das cores, é hora de apresentar o significado de cada uma delas e as sensações que elas transmitem para o consumidor. Para facilitar, usaremos como referência um estudo publicado pela No Film School que apresenta um compilado das cores e as emoções que elas proporcionam, mais especificamente atuando no audiovisual, mas que pode se adequar perfeitamente para o nosso campo da comunicação, sobretudo às marcas e ao marketing.

Vermelho: Raiva, paixão, fúria, desejo, excitação, energia, velocidade, força, poder, calor, amor, agressão, perigo, fogo, sangue, guerra, violência.

Rosa: amor, inocência, saúde, felicidade, satisfação, romantismo, charme, delicadeza, brincadeira, leveza, feminino.

Amarelo: sabedoria, conhecimento, relaxamento, alegria, felicidade, otimismo, idealismo, imaginação, esperança, claridade, verão, desonestidade, covardia, traição, ciúmes, controverso, ciúmes, cobiça, doença, 

Laranja: humor, energia, equilíbrio, calor, entusiasmo, vibração, extravagante, flamejante, excessivo.

Verde: cura, calma, perseverança, tenacidade, autoconsciência, orgulho, imutabilidade, envolvimento, natureza, meio ambiente, saudável, boa sorte, renovação, juventude, renovação, vigor, primavera, generosidade, fertilidade, ciúme, inexperiência, inveja.

Azul: fé, espiritualidade, contentamento, lealdade, paz, tranquilidade, calma, estabilidade, harmonia, unidade, confiança, verdade, conservador, segurança, limpeza, ordem, céu, água, frio, tecnologia, depressão.

Roxo/Violeta: erótico, realeza, nobreza, espiritualidade, mistério, transformação, sabedoria, crueldade, arrogância, poder, sensitividade, intimidade. 

Marrom: materialismo, sensação, terra, casa, ar livre, confiabilidade, conforto, estabilidade, simplicidade.

Preto: Não, poder, sexualidade, sofisticação, formalidade, elegância, riqueza, mistério, medo, anonimato, infeliz, profundidade, estilo, mau, tristeza, remorso, fúria.

Branco: Sim, proteção, amor, reverência, pureza, simplicidade, pureza, paz, humildade, precisão, inocência, juventude, nascimento, inverno, neve, bondade, casamento (nas culturas ocidentais), morte (nas culturas orientais), frio, estéril, clínico.

Prateado: riqueza, glamour, diferença, natural, elegância, alta tecnologia.

Dourado: preciosidade, riqueza, extravagância, riqueza, opulência, prosperidade, grandeza. 

A psicologia das cores no audiovisual

A título de exemplo, vamos mostrar alguns casos de como a psicologia das cores atua como exemplo no audiovisual. Levaremos em conta alguns filmes e comerciais que utilizam das cores como estratégias para transmitir sensações e emoções que afetem o consumidor.

O primeiro exemplo está no comercial da TIM em que a cor predominante durante todo o vídeo é azul, cor que também é destaque na marca, além de fazer referência ao planeta Terra. O azul, como foi dito, é uma cor que transmite sensações que são bastante convidativas para se adquirir um produto como um plano de uma empresa de telefonia: confiabilidade, verdade, segurança e tecnologia, segmento no qual atua. 

O segundo vídeo é produzido Lily Metz-Seara e exemplifica bem as características que já foram citadas aqui, porém em como elas se adequam ao cinema, aos cenários, a composição de todos os elementos, desde roupas até a cor do céu, da parede ao fundo, e outros fatores.

A Psicologia das Cores no Marketing

Especificamente, no marketing, as cores podem funcionar ativando gatilhos específicos tanto no que diz respeito à aparência de produtos, quanto para propagandas veiculadas em diversos meios (outdoors, comerciais de tv, anúncios na internet) e, é claro, para a logo.

Por exemplo, se você vende produtos alimentícios, prefira cores vibrantes e mais vivas como o amarelo, o laranja, que dão sensação de otimismo, felicidade, que podem remeter ao seu produto ou a sua marca e já acontecer uma associação positiva com relação aos produtos e benefícios.

Em contrapartida, se trabalha com lojas para celular, é importante apresentar cores que remetem à tecnologia, como o azul claro ou o prateado. 

Um outro exemplo para a usabilidade de cores e que pode ser bastante ilustrativo diz respeito às empresas com algum cunho ambiental, que, na grande maioria das vezes, utilizam os tons de verde na sua logo para conferirem legitimidade ao ideal que defendem. 

Qual a melhor cor para a minha marca?

Tendo em vista o que foi dito nos outros tópicos, é fato que as cores são fundamentais para a impressão que as pessoas terão dos seus produtos ou da sua marca. Portanto, existe um padrão que pode ser seguido com base nos estudos que são feitos acerca das sensações e emoções que são transmitidas e reverberam nas pessoas. 

No entanto, é preciso ter em mente que a percepção de imagens, símbolos e signos é extremamente subjetiva. Dessa forma, o que pode transmitir uma sensação de conforto para uma pessoa, pode não ser exatamente assim para outro pessoa com base nos seus sentidos, histórico social e outros fatores.

Dessa maneira, é importante ter em mente que, assim como qualquer estratégia de marketing, as cores de uma logo não irão agradar a todos e provocar o mesmo efeito positivo em 100% das pessoas que tiverem contato com ela.

No entanto, ainda é possível ter uma noção sobre a psicologia das cores e como ela pode impactar positivamente no seu negócio. Por isso, é recomendável que a logo seja feita por uma equipe de marketing especializada com designers capacitados e que tenham sempre em mente esse tipo de conteúdo e estratégia, visando sempre o futuro da empresa.

Gostou do nosso artigo? Separei outro que pode te interessar:

 

Author: Registro de Marcas e Patentes

Nosso objetivo é garantir a segurança da sua marca. Com todos os processos legais necessários. Além disso, fiscalizar e encontrar possíveis casos de plágio e uso indevido da sua marca.

Deixe uma resposta