História da Adidas - Fundador/Dono, mitos, verdades, erros, acertos
  • Registro de Marcas e Patentes.

História da Adidas – Fundador/Dono, mitos, verdades, erros, acertos

História da Adidas

Muitas das vezes, as histórias das marcas mundialmente famosas e que tiveram o sucesso reconhecido nos mostram que mesmo nesses casos de sucesso é possível perceber uma trajetória com altos e baixos, percalços pelo caminho e dificuldades. Por isso, conhecer a história de uma grande marca pode ser fundamental e inspirador para micro empreendedores, para quem deseja começar um negócio ou até mesmo para donos de pequenas e médias empresas. Dessa forma, no quadro História das Marcas, vamos contar mais sobre a História da Adidas, uma das maiores empresas de artigos de vestuário e esportivos do mundo, sua origem, quem foi o seu fundador e como se deu a trajetória até alcançar o atual patamar.

Neste artigo você encontrará os seguintes tópicos:

  • História da Adidas: origem e primeiros passos
  • História da Adidas: o mercado atual
  • História da Adidas: Marca de Alto Renome

História da Adidas: origem e primeiros passos

A História da Adidas tem algumas curiosidades que são semelhantes a de outras marcas. Sua fundação se confunde com a de outra empresa que, posteriormente, tornar-se-ia rival. Na Baviera, pouco tempo após o término da Primeira Guerra Mundial, os irmãos Adolf Dassler e Rudolf Dassler começaram a produzir algumas sapatilhas e outros calçados. 

Resolveram fundar uma empresa, em 1927, chamada Gebrüder Dassler Schuhfabrik, que em tradução para o português seria algo próximo de Fábrica de Sapatos dos Irmãos Dassler. Juntos, os irmãos conseguiram convencer o grande corredor afro-americano Jesse Owens a utilizar os seus tênis para correr nas Olímpiadas de Verão de 1936.

Owens conquistou quatro medalhas de ouro na ocasião, o que alavancou a fama e os negócios dos irmãos Dassler. No entanto, não foram apenas alegrias que os dois irmãos dividiram. Após uma série de discussões internas, eles decidiram separar a empresa em duas. 

Adi, apelido de Adolf Dassler, juntou seu apelido com as primeiras letras do seu nome e fundou a Adidas em 1947. Por outro lado, seu irmão Rudolf Dassler acabou fundando a Ruda, seguindo o mesmo padrão de Adi. Tempos mais tarde, a empresa de Rudolf mudaria de nome para Puma.

Os períodos de dificuldade para Adi não pararam por aí. Em 1987, seu filho Horst Dassler faleceu, o que gerou uma instabilidade emocional que afetou os negócios da empresa. Então, em 1989, a empresa foi vendida para um empresário francês chamado Bernard Tapie, que era conhecido à época salvar empresas da falência.

Tapie então foi pivô dos piores momentos da Adidas, criou dívidas com um banco francês, vendeu a empresa, processou o banco Crédit Lyonnais por comprá-la e, anos mais tarde, em 1994, o próprio Bernard Tapie declarou falência. A Adidas, então, que era posse do Banco Crédit Lyonnais, foi vendida para Robert Louis-Dreyfus, amigo de Tapie e presidente do clube de futebol Olympique de Marseille.

Até 2001, ano em que deixou a empresa, Robert Louis-Dreyfus devolveu a Adidas aos dias de glória, onde permanece até hoje.

História da Adidas: o mercado atual

Camisas Ajax - História da Adidas: mercado atual
Adidas apresenta linha de uniformes para o Ajax (HOL) | Reprodução: Adidas

Em 2005, a Adidas comprou a Reebok, que à época era um forte concorrente, e com isso, passou a concorrer cabeça a cabeça com a Nike no segmento de marcas esportivas, sendo as duas maiores e mais influentes empresas do mundo nesse ramo.

A Adidas não deixou suas raízes de lado e continua patrocinando grandes atletas de diversas modalidades. A linha completa de uniformes da NBA é fornecida pela empresa, além de ser a fornecedora de clubes de futebol de muita relevância em todo o mundo. Real Madrid, Bayern de Munique e Juventus são alguns dos clubes patrocinadas por ela na Europa, e no Brasil, a empresa fornece materiais para Flamengo, Cruzeiro, São Paulo, Internacional.

Vale mencionar ainda que a Adidas continua fabricando chuteiras à mão para seus mais sublimes atletas, como é o caso de Lionel Messi, David Beckham, Kaká e Toni Kroos.

História da Adidas: Marca de Alto Renome

Marcas como a da Adidas são amplamente reconhecidas no mundo todo. Seu nome e imagem são tão fortes no mercado que qualquer pessoa é capaz de reconhecer seus produtos, seja pelas listras muito características ou pela própria presença da logo. É até natural que algumas pessoas busquem navegar nas ondas do sucesso provocadas pela Adidas, mas utilizar qualquer nome parecido com a da empresa alemã é passível de notificação e até processo. Isso porque ela é considerada, no Brasil, uma Marca de Alto Renome. Em linhas gerais, uma empresa que possui esse título junto ao INPI, a autarquia federal responsável pela regulamentação das Leis da Propriedade Industrial, possui um proteção especial em todas as áreas de atuação, exatamente pela facilidade com a qual a marca em questão pode ser reconhecida.

 

Author: Registro de Marcas e Patentes

Nosso objetivo é garantir a segurança da sua marca. Com todos os processos legais necessários. Além disso, fiscalizar e encontrar possíveis casos de plágio e uso indevido da sua marca.

Deixe uma resposta