Interpretação de Texto - 8 dicas de sucesso - Arena Marcas e Patentes
  • Registro de Marcas e Patentes.

Interpretação de Texto – 8 dicas de sucesso


Interpretação de texto. Apesar de termos verificado um significativo aumento no número de pessoas alfabetizas no Brasil, passamos a nos deparar com outro problema: o analfabetismo funcional. Infelizmente, as estatísticas têm mostrado que sessenta e cinco por cento das pessoas que se consideram alfabetizadas têm analfabetismo funcional.

Para compreender melhor essa estatística, é preciso entender a diferença. Considera-se alfabetizada a pessoa que aprendeu a ler e escrever. Porém, infelizmente, muitas pessoas alfabetizadas, apesar de saberem ler, não conseguem atribuir sentido a textos. Ou seja, elas conseguem entender palavras ou pequenas frases. Mas apresentam muita dificuldade de compreensão quando precisam ler um texto.

Esse post tem como objetivo auxiliar você na interpretação de textos. As dicas que daremos se aplicam a quem tem muita ou pouca dificuldade de interpretação. Aconselhamos que, se você apresenta muitas dificuldades, comece aplicando essas dicas a textos pequenos. Conforme for tendo sucesso, parta para a leitura de textos maiores. Então, aproveite as 8 dicas de interpretação de texto que vão levar você até sua tão sonhada aprovação no ENEM ou qualquer concurso público.

1) Formule hipóteses sobre o texto – Interpretação de texto

Ao olhar o título, pense sobre o que você acha que seria o assunto do texto. Conforme for fazendo a leitura, faça também várias pausas e continue a formular hipóteses. Essa parte do processo é muito importante. A leitura é um ato de interação entre você, leitor, e o texto.

Quanto mais leituras e formulação de hipóteses você fizer, mais esse processo vai se tornar automático. Ou seja, ele vai se tornando parte do ato de ler. Isso é extremamente positivo e benéfico para a interpretação de textos,

2) Procure formular paráfrases – Interpretação de texto

Uma paráfrase nada mais é do que a explicação do que se leu com as suas próprias palavras. Ao terminar de ler cada parágrafo, procure formular paráfrases. Tenha em mente que essa formulação só será possível se você tiver compreendido o que foi lido.

No início, esse exercício lhe parecerá bastante difícil. É provável que você tenha de ler o mesmo parágrafo mais de uma vez. Talvez várias vezes. Mas não desista. Com o tempo, o número de vezes que você precisará reler o parágrafo vai diminuir e a sua compreensão do que foi escrito aumentará sensivelmente. O ato de ler é um exercício. Quanto mais você o praticar, melhor e mais rapidamente sua compreensão ocorrerá.

3) Tenha um dicionário em mãos, mas tente fazer inferências pelo contexto

Quando não conhece o significado de uma palavra, recorrer ao dicionário costuma ser um caminho natural. Isso não é negativo, mas lembre-se de que nem sempre você terá um dicionário em mãos quando precisar. Por isso, um hábito que precisa ser cultivado é a tentativa de inferir o significado de um determinado texto através do contexto em que ele está inserido.

Por exemplo, suponhamos que você esteja fazendo a leitura e se depare com uma palavra cujo significado desconheça. Suponhamos também que você esteja realizando uma prova de concurso. Certamente o uso do dicionário será vetado.

Por isso, nossa dica é: olhe o entorno, o contexto. Tente inferir o significado da palavra levando em consideração a frase em que ela está inserida. Isso vai te dar pistas do que a palavra pode significar. E, na maior parte das vezes, esse procedimento é suficiente para a compreensão do texto. Não se trata de abrir mão do dicionário e sim de ter um plano B quando ele não puder ser usado.

4) Retire a ideia principal do texto

Ao finalizar a leitura, pense sobre qual é a ideia central do texto. Extraia também as ideias secundárias. O que queremos dizer é que, para que se chegue a uma ideia principal, outras ideias, consideradas secundárias, foram colocadas para lhe dar suporte. Identifique-as e você terá o “esqueleto do texto”, ou seja, a forma como a ideia foi construída.

Possivelmente esse texto tem uma argumentação. Verifique qual é o ponto de vista do autor, que ideias ele defende e de que forma ele sustenta esse ponto de vista. Reflita também sobre qual é o seu objetivo, ou seja, com que intenção ou finalidade o texto foi escrito. Para isso retome a leitura tantas vezes quantas forem necessárias.

5) Estabeleça a diferença entre o que é fato e o que é opinião

Fato é tudo o que puder ser comprovado, seja com conhecimento científico, dados, estatísticas, etc. Um fato pode ser questionado, mas não negado, pois está apoiado em algo. Uma opinião é o que não pode ser comprovado, pois se trata de impressões do autor do texto. Estabelecer essa diferença em textos argumentativos é muito importante.

6) Faça a distinção entre causa e consequência

Interpretação de texto - Causa e Consequência
Interpretação de texto – Causa e Consequência

Igualmente importante é distinguir a causa da consequência. Considera-se causa o evento que ocorreu primeiro, motivando o outro, que se denomina consequência. Podemos dizer, portanto, que a causa motiva a consequência. Há diversas situações em que dominar essa diferenciação é muito útil para a resolução de questões.

7) Leia o enunciado da questão com bastante cuidado – Interpretação de texto

Se você precisa responder algumas questões sobre o texto, o primeiro passo é entender o que lhe foi perguntado. Para isso, leia com bastante atenção a pergunta, o enunciado da questão. Observe a existência de palavras como “por que”, “como” e “quem”.

Se a questão usa “por que”, possivelmente está sendo solicitado que você busque causas para o fator nela apontado. Se ela usa “como”, está solicitando que você responda algo relativo ao modo, de que forma, de que maneira algo foi ou está sendo realizado. Se o questionamento foi introduzido por “quem”, então se trata da busca possivelmente por pessoas que o texto tenha citado.

Outro aspecto com o qual precisa ter bastante cuidado é com o uso de palavras como “correta”, “incorreta”, “exceto”, “destoa”, “certa”, “errada” e tantas outras que merecem um olhar atento para a correta interpretação do que foi perguntado.

8) Busque as ideias do autor – Interpretação de texto

Cuidado para não achar que as suas ideias são as do autor do texto. Procure se cercar de indícios que demonstrem que a opinião que você está levando em consideração é do autor do texto e não sua. É muito frequente que você se equivoque achando que o ponto de vista do autor era um e na verdade, era outro. Isso faz com que perca preciosos pontos nas provas.

Esperamos ter ajudado você a interpretar melhor os textos desse momento em diante. Até o próximo post!

Aproveite nossa plataforma e pratique até alcançar a perfeição. Cadastre-se.

[smartslider3 slider=1]