Destilação Fracionada - Processo - Arena Marcas e Patentes
  • Registro de Marcas e Patentes.

Destilação Fracionada – Processo


As provas de vestibular, de um modo geral, prezam por uma intertextualidade que faz com que o estudante precise de uma base muito forte para a resolução dos exercícios. Isso quer dizer que, independente da pergunta ser algo mais direto ou mais complexo, você irá precisa reunir alguns conhecimentos absorvidos em diferentes etapas da vida para desenvolver seu raciocínio e, por fim, chegar à resposta final.

Essas avaliações procuram que o estudante demonstre versatilidade e capacidade de interpretação para que ele dê os passos certos durante a resolução das questões. Assim, para chegar ao ponto abordado, você precisa saber os assuntos que podem preceder aquilo que está sendo tratado ali para conseguir resolver tudo com clareza.

Na química isso não é diferente. Assuntos que aprendemos faz tempo vão se evoluindo e se tornando parte fundamental de outros temas que surgem em evidência. Por exemplo, é inviável falar de destilação fracionada sem antes mencionar as misturas e seus tipos.

As misturas podem ser heterogêneas ou homogêneas. Elas são formadas por duas ou mais substâncias, com a diferença entre elas sendo a possibilidade de percepção ou não dessas substâncias misturadas. As misturas homogêneas são aquelas que não são possíveis perceber a diferença entre as duas ou mais substâncias em questão, enquanto nas heterogêneas é bem nítida essa diferenciação – água com óleo é um exemplo clássico.

A destilação fracionada tem direta relação às misturas homogêneas. A partir dela, podemos separar dois líquidos com pontos de ebulição diferentes.

Para isso, é utilizado um aparato, que é constituído por um balão de vidro com um fundo plano, que é aquecido por uma chama. A mistura homogênea é inserida nesse balão. Na boca dele fica presa uma coluna de fracionamento, geralmente com bolinhas de vidro ao fundo. Nessa coluna estão um termômetro e uma saída para um condensador. Esse condensador é feito por um tubo interno, envolvido por fora por água fria. Ao final do condensador se localiza um béquer.

Processo de destilação fracionada

destilação fracional - funcionamento
destilação fracional – funcionamento

O processo de destilação fracionada é simples. A mistura é colocada no balão de vidro, é aquecida, o que resulta na substância de menor ponto de ebulição evaporando e a outra seguindo esse caminho logo em sequência. A “mágica” acontece quando a segunda substância encosta nas bolinhas da coluna de fracionamento, causando condensação, fazendo ela voltar para o balão, enquanto  a outra substância continuará subindo.

Ao final do processo, o líquido mais volátil estará no béquer, enquanto o menos volátil se encontrará no balão de vidro.