Bioma Pantanal - Arena Marcas e Patentes
  • Registro de Marcas e Patentes.

Bioma Pantanal


Bioma Pantanal – Lar da maior área tropical úmida do mundo, o Pantanal do Brasil tem baixa popularidade em comparação com a conhecida Amazônia, apesar de oferecer uma lista competitiva de flora e fauna. Pântanos abertos permitem visões pouco obstruídas de jaguares, cegonhas, jacarés e macacos, em contraste com a densa folhagem da floresta tropical. Visitantes em busca de vida selvagem devem colocar o Pantanal no topo de suas listas. Aqui está tudo o que você precisa saber sobre o Pantanal e as espécies incríveis que residem nele.

 Tudo sobre o Bioma Pantanal

Tudo sobre o Bioma Pantanal
Tudo sobre o Bioma Pantanal

Localizado nos estados do Mato Grosso do Sul e Mato Grosso no Brasil (com uma pequena travessia para a Bolívia e o Paraguai), o Pantanal é um rico bioma que se estende por aproximadamente 195.000 quilômetros quadrados (75.000 milhas quadradas). Este local de delta do rio sem litoral fica no centro do continente sul-americano, ao sul da bacia amazônica e a leste dos Andes. Com várias espécies de pássaros, vegetação vibrante e animais exóticos escondidos nos pântanos, é uma maravilha natural notável que poucos conhecem.

O nome “Pantanal” vem da palavra pântano. É o lar de uma variedade de ecossistemas sub-regionais, cada um com características hidrológicas, geológicas e ecológicas distintas. Durante a estação chuvosa, as várzeas pantanais ficam completamente submersas à medida que os níveis de água sobem entre dois e cinco metros, o que ajuda a nutrir uma variedade extraordinariamente diversificada de plantas aquáticas e espécies de animais. Durante a estação seca, as planícies drenam e as planícies aluviais tornam-se pradariasproporcionando mais espaço para um conjunto diferente de espécies.

– Flora: – Bioma Pantanal

O Pantanal é o lar de 3.500 espécies de plantas conhecidas, uma combinação única de comunidades de plantas típicas das regiões dos biomas ao redor (ainda que totalmente diferentes). Isso inclui plantas da floresta tropical da Amazônia, plantas típicas da floresta do nordeste do Brasil, e plantas de savana nativas da região do Chaco na Bolívia e no Paraguai. As pastagens normalmente cobrem as várzeas durante a estação seca, enquanto as florestas ocorrem em altitudes mais altas.

O que é tão notável sobre essa mistura é que você pode ver toda essa vegetação em um só lugar, em vez de percorrer as grandes distâncias entre as regiões pelas quais são mais conhecidas. No Pantanal, a combinação de vegetação contribui para uma fascinante coleção de ecossistemas que, apesar de grandes diferenças, trabalham com sucesso em harmonia.

– Fauna: – Bioma Pantanal

Ainda mais do que a variedade de vegetação encontrada aqui são as espécies animais: 1.000 espécies de pássaros, 400 espécies de peixes, 300 mamíferos, 480 répteis e mais de 9.000 subespécies de invertebrados. Entre eles estão várias espécies únicas que permitem ao ambiente uma transição suave entre o período inundado e seco, assim como muitos animais raros e ameaçados de extinção.

As espécies raras e ameaçadas encontradas no Pantanal incluem o cervo-do-pantanal, a ariranha gigante, a arara-azul, a águia-solitária coroada, o lobo-guará, o cachorro-do-mato, a anta sul-americana, o tamanduá-bandeira e a capivara. Répteis notáveis ​​(ainda não ameaçados de extinção) podem ser encontrados aqui, como o ouro tegu, tartaruga de patas vermelhas, iguana verde e anaconda amarela.

Um estudo de 1996 revelou que havia 10 milhões de jacarés vivendo no Pantanal, tornando-se a maior concentração de crocodilos no mundo. Da mesma forma, é também o lar de uma das maiores e mais saudáveis ​​populações de onça-pintada do planeta.

Por mais impressionante que seja essa notável variedade de espécies, alguns se perguntam como ela rivaliza com a Amazônia. Mas o que torna o Pantanal um favorito entre os interessados ​​em observar a vida selvagem é o aumento da visibilidade. Nos pântanos, é muito mais fácil observar a vida selvagem do que através da densa folhagem da floresta tropical, e muitos viajantes voltam para casa depois de avistar algumas das espécies mais notáveis ​​do Pantanal. Além disso, os papéis coreografados de cada espécie de planta em ajudar as mudanças sazonais são muito diferentes daqueles da Amazônia e oferecem uma visão de um dos maiores feitos da natureza.